logo


TV: comandante do 447 estaria com mulher durante problemas no voo

O comandante do voo AF 447, Marc Dubois, estaria acompanhado de uma mulher enquanto os copilotos enfrentavam problemas para manter o avião no ar, em 31 de maio de 2009, segundo a emissora americana ABC News. A reportagem do programa Nightline, publicada no site da emissora na quarta-feira, destaca que o motivo da demora de Dubois para retornar à cabine após ser chamado pelos copilotos nunca foi revelado. O avião caiu no Oceano Atlântico, matando 228 pessoas.

Duas fontes “independentes” e não identificadas afirmaram à TV que o comandante viajava com uma comissária fora de serviço da Air France, chamada Veronique Gaignard. Ao programa, Jean-Paul Troadec, diretor do órgão francês responsável pela investigação do acidente, o BEA, afirmou que a tripulante não é parte da apuração porque o escritório “não está interessado” na “vida privada do piloto”. Troadec acrescentou que as supostas relações de Dubois e Veronique Gaignard à bordo do voo 447 não teriam influência na tragédia.

A emissora destaca que as caixas-pretas do voo, recuperadas quase dois anos após o acidente, apontaram que o comandante deixou a cabine para um descanso programado cerca de quatro horas depois da decolagem, quase ao mesmo tempo em que o avião se preparava para entrar em uma área de tempestade que outros voos daquela noite haviam evitado. A reportagem cita também informações dos registros de voo que apontaram que Dubois foi chamado diversas vezes pelos copilotos após o piloto automático ser desconectado, questionando-se onde estava o comandante.

ABC News afirmou que a Air France se recusou a falar sobre o caso, enquanto aguarda a divulgação do relatório final das causas do acidente. O documento sai em 5 de julho. Via Terra.

Ainda não foram encontrados posts relacionados.