logo


São Paulo Mon Amour – Vários Artistas

Depois de surpreender o público parisiense em 2009 com o cartaz da nudez de Alessandra Cestac pelas escadarias de Montmartre e destacar o olhar de Gal Oppido entre outros incríveis artistas na Maison des Metallos em Belleville, a exposição São Paulo Mon  Amour – SPMA toma lugar na cidade que a motivou.

Desta vez, acontece no MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) uma exposição coletiva sobre a produção artística presente e inspirada pela metrópole de São Paulo, apresentando um cruzamento entre olhares de brasileiros e franceses para revelar o suporte cultural da cidade que os agrega. Ela acontecerá entre os dias 13 de março e 01 de abril.

Nesta edição serão 8 artistas: Alessandra Cestac, Breno Rodrigues, Caecilia Tripp, Djan Ivson, Gal Oppido, Paulo Ito, Rogério Canella, Xavier Faltot.

Além de parte das obras da exposição em Paris que inclui a vídeo-arte de Xavier Faltot e de Caecilia Tripp, e as fotografias da construção da linha 4 do Metrô de Rogério Canella, estarão expostos trabalhos fruto da residência artística em Montmartre, com ensaios concebidos entre Gal Oppido e a Alessandra Cestac. Haverá também obras de novos artistas brasileiros, com Djan Ivson abordando a pixação, Paulo Ito, cujo traço   virtuoso remete à Egon Schiele, com um painel de 20 metros, e Breno Rodriguez com uma instalação que explora a Arquitetura Moderna.

Os assuntos que atravessam as obras são o vazio e a multidão, onde a solidão permeia a carência afetiva no hedonismo, a experiência cosmopolita que conduz à subjetividade do indiferente, e o deslumbramento apaixonado de todo aquele que se lança na metrópole com o espírito da aventura e da sorte.

Esta curadoria condensa a trajetória de Sérgio Franco, sociólogo, pesquisador de arte urbana, que teve nesta exposição um desdobramento de sua pesquisa acadêmica realizada na FAU-USP.  Ele desenvolve seu trabalho como instrumento de união cultural entre a periferia e o centro, e neste momento realiza a co-curadoria da pixação na Bienal de Berlin 2012. [MUBE]